Troca de filtro de óleo é essencial para a vida útil do motor


Que a manutenção adequada é fundamental para garantir o desempenho e a vida útil dos veículos automotivos não é nenhuma novidade. Entretanto, a troca do filtro de óleo, um procedimento simples na rotina de manutenções, é um dos processos mais importantes para evitar o desgaste dos motores. 
Basicamente, o filtro de óleo serve para eliminar as impurezas do óleo que lubrifica o motor, separando as partículas que são produzidas durante o atrito das peças ou da combustão do motor, liberando assim óleo limpo para lubrificar as peças internas móveis. “Caso não existisse o filtro de óleo essas partículas desgastariam rapidamente as partes internas móveis do motor, tais como pistões, anéis, bronzinas, virabrequin etc.” – afirma Eduardo Fischer, supervisor de assistência técnica da Mahle Metal Leve. “O filtro do óleo permite que os principais componentes internos do motor e alguns sistemas periféricos, como o turbo compressor, estejam sempre lubrificados com um óleo dentro do padrão necessário de limpeza” – complementa Ronilso Toledo, Supervisor de Assistência Técnica da Sogefi Filtration do Brasil. 
Filtros de qualidade são capazes de eliminar a maioria das impurezas do lubrificante, como as partículas de metal geradas pela fricção entre as peças móveis, material carbonizado derivado da combustão, contaminantes não retidos pelo filtro do ar, entre outras. “Como os componentes do motor trabalham com folgas mínimas e são muito exigidos, o filtro do óleo é fundamental para aumentar a sua durabilidade. Décadas atrás, por exemplo, quando os lubrificantes eram menos eficientes e muitos veículos não usavam filtros do óleo, era comum um motor necessitar de retífica após pouco mais de 100.000 km” – conta Toledo.  

Funcionamento
O óleo lubrificante, como o próprio nome indica, tem a função de lubrificar as partes móveis do motor. O atrito entre estas partes móveis geram contaminantes que vão diretamente ao óleo, o que ocasiona o desgaste do motor. “A combustão do motor gera contaminantes e outras sujeiras que também encontramos no óleo. O filtro de óleo tem a função de reter estas partículas, de acordo com a especificação de cada fabricante de veículo” – revela Marcio José Cirino, gerente de desenvolvimento de mercado da Parker.


O produto funciona da seguinte forma: após ser coletado no cárter, o lubrificante do motor passa pela bomba de óleo e segue pressurizado para dentro do filtro, onde é forçado a atravessar o elemento filtrante, que é feito com um papel especial capaz de reter até as menores impurezas. “O sistema de filtragem também possui uma válvula de retenção (antirretorno) que mantém um pouco de óleo dentro do filtro quando o motor está desligado. Dessa forma, garante uma lubrificação instantânea na próxima partida, evitando que o motor trabalhe a seco” – esclarece Toledo.
Em complemento, ainda existe a válvula de segurança, que se abre automaticamente e permite a passagem direta do óleo para o motor, sem filtrar. Isso ocorre sempre que, por negligência, o filtro estiver saturado por falta de troca. A válvula garante a continuidade da lubrificação do motor, mesmo com um óleo contaminado. “Nos filtros de óleo do tipo blindado essas válvulas ficam dentro da peça, junto do meio filtrante. Já nos sistemas mais modernos, que usam cartuchos ecológicos, as válvulas costumam ser montadas no alojamento do filtro” - explica o supervisor da Sogefi Filtration do Brasil.


Tipos de filtro
Os filtros de óleo automotivo podem ser de dois tipos: blindado ou ecológico. O filtro de óleo blindado é composto por caneca, tampa, junta, meio filtrante e válvulas, quando equipado. Neste modelo o óleo entra pelo furos laterais chegando ao meio filtrante  no caso o papel, onde ocorre a filtragem, saindo pelo furo central ou rosca seguindo o fluxo para lubrificação das partes móveis internas do motor. “Uma das válvulas é a válvula de segurança posicionada no fundo do filtro, que só entra em ação caso o papel esteja saturado, ou sujo, por contaminantes. A própria pressão do óleo permite a total ou a parcial abertura desta válvula, garantindo assim a circulação do óleo. Nesse caso é melhor o óleo circular no sistema sem estar filtrado, do que a falta da lubrificação. A segunda válvula é conhecida como válvula anti-retorno, que garante que parte do sistema e filtro permaneça abastecido de óleo após a parada do motor, assim na próxima partida o motor lubrificará mais rapidamente e também as partes moveis do motor” – indica Fábio Oliveira de Castro, gerente de desenvolvimento de produtos e qualidade da Wega Motors. 
Alguns modelos de filtros mesmo sendo blindados, não são equipados com as válvulas, por opção do projeto de cada montadora. As funções das válvulas estão aplicadas no motor.
Já o filtro ecológico tem sua construção em papel celulose ou sintético e tampa plástica, montado no compartimento cabeçote do óleo do motor, porém o funcionamento não se altera, e a lubrificação acontece assim como no modelo blindado. “O filtro do óleo ecológico traz uma nova tecnologia buscando, um sistema ecologicamente correto, ou seja, onde não se agride o ecossistema e de certa forma facilita a manutenção dos veículos automotores” – conta Castro.
Na frota de veículos nacionais, o filtro de óleo automotivo mais utilizado é o filtro do tipo blindado. “Neste tipo de filtro, o óleo contaminado é bombeado e flui pelo nosso meio filtrante especial Blitz da Seineca que são montadas com dobras com as medidas adequadas, apresentando forte resistência as diferentes pressões e aos componentes químicos do óleo, oferecendo separação adequada de partículas e retém outras impurezas” – afirma Fang C., Head da Seineca. 



Evite danos ao motor
A correta manutenção do filtro do óleo previne uma série de problemas no motor do veículo, desde desgastes prematuros (que serão notados apenas com o passar dos anos) até casos extremos, como ter o motor fundido em decorrência de algum vazamento ou da instalação de um filtro errado, que pode impedir o fluxo correto do lubrificante. “A troca no tempo recomendado evita que o óleo contaminado penetre no motor e consequentemente evita o desgaste do motor de forma desnecessária. Uma instalação correta evita vazamento do óleo e danos sérios no motor” – ressalta Fang. 
A troca adequada pode evitar possíveis vazamentos devido à falta de aperto ou até mesmo sobreaperto do filtro danificando assim o anel de vedação. “Também se recomenda seguir o período de troca recomendado pelo fabricante do veículo a fim de evitar que a capacidade de lubrificação dos componentes do motor seja prejudicada. Para os filtros ecológicos deve-se sempre trocar o anel de vedação e monta-lo de forma correta para que não fique torcido no alojamento, evitando dessa forma vazamentos” – indica Fischer. 



Atenção à troca
Os filtros devem ser trocados de acordo com a recomendação do fabricante do equipamento, seja ele industrial ou automotivo. “Este intervalo de troca é especificado no manual do equipamento. No caso do filtro do óleo, a substituição deve ser feita sempre que o óleo for trocado, já que o filtro retém as impurezas dispersas no óleo durante o funcionamento do equipamento” – destaca André Gonçalves, consultor técnico da Mann-Filter. 
Basicamente, o filtro deve ser substituído a cada troca de óleo do motor. “Dessa forma, evitamos a contaminação do lubrificante novo por aquela quantidade de óleo usado que sempre fica retida dentro do filtro” – explica Toledo. O filtro velho também pode estar saturado e com a válvula de segurança aberta. Numa situação assim, o lubrificante novo circulará sem qualquer filtragem até a próxima troca, comprometendo a durabilidade do motor.  
Verificar o aspecto do filtro substituído é outro ponto importante. Se a carcaça metálica de um modelo blindado estiver estufada, por exemplo, é um sinal de que a válvula reguladora de pressão pode estar com problemas.  “A exemplo de outras manutenções veiculares, também é importante fazer a troca com a máxima limpeza, nunca usar estopa ou panos que soltem fios e realizar os apertos finais de acordo com o especificado pelo fabricante” – diz o supervisor da Sogefi Filtration do Brasil.
Para realizar a troca do filtro de óleo automotivo é fundamental que se contrate um profissional especializado ou escolha um estabelecimento confiável para a realização da substituição do produto. “Isso diminuirá quase em 99% do risco de ocorrer um problema, pois um profissional, além de instalar corretamente, também indicará o óleo e o filtro mais recomendado” – recomenda Fang. 

Fique de olho
Uma das primeiras providências para a troca de filtros é observar no manual do fabricante do veículo qual é o tipo de óleo e filtro indicado para o automóvel. “É sempre bom ter em mente que para assegurar a qualidade do sistema de filtragem, o ideal é usar produtos de qualidade original” – indica Gonçalves. 



“Muitos filtros de marcas desconhecidas são quase uns “enfeites” e acabam reduzindo a durabilidade do motor. Outro cuidado fundamental é comprar exatamente o filtro indicado para o veículo. Muitas vezes, a aplicação muda de acordo com o ano e até com os acessórios presentes em cada modelo. Não adianta improvisar, mesmo se o filtro for parecido e até montar no motor” – complementa Toledo. 
Essa medida é importante, pois a má procedência do filtro pode comprometer todo o processo. “Devemos tomar cuidado com filtros de má qualidade, pois como são essenciais para a filtragem do óleo que circula pelo motor ele pode causar danos sérios ao motor” – alerta Cirino. 
Além destas recomendações, na hora da compra do filtro de óleo é importante observar se a embalagem não está avariada ou amassada. Também deve-se abrir a embalagem se o filtro está intacto. “Antes da aplicação é essencial verificar se o filtro está correto para o veículo e olhar as condições do produto. 
O filtro deve sempre ser aplicado manualmente, evitando ferramentas para não causar avarias no filtro. Outra medida importante é substituir o filtro de maneira preventiva junto com a troca do óleo” – recomenda Léo Stevan de Souza, analista técnico comercial da Tecfil.

Mercado
Comprar um filtro de qualidade, produzido por empresas que seguem todas as normas do fabricante do veículo é um dos cuidados mais importantes no momento da troca do produto. O Brasil conta com diversas empresas consagradas no mercado, que disponibilizam filtros de óleo automotivo dentro das normas das montadoras de automóveis e de alta qualidade. 
A Sogefi é um dos maiores fabricantes de filtros originais para os sistemas de lubrificação de motores. Seus produtos são aplicados em motocicletas, automóveis, veículos pesados, equipamentos de construção, máquinas agrícolas, embarcações e aplicações industriais.  Além de possuir uma estrutura mundial de pesquisa, desenvolvimento e manufatura, a empresa conta com a grande tradição da marca Fram no mercado de reposição. No Brasil, seus filtros de óleo estão presentes desde 1936 e há setenta anos são produzidos no país, um recorde entre os fabricantes nacionais. “Atualmente, a Sogefi usa todo esse conhecimento para criar novos filtros do óleo cada vez mais eficientes, compactos, leves e recicláveis. Dessa forma, a empresa auxilia os seus clientes na fabricação de veículos e máquinas com um melhor desempenho, maior durabilidade, menores custos de manutenção e o mínimo impacto ambiental” – afirma Toledo.
A Parker líder no mercado de controle e movimento, tem se tornado uma referência no mercado de filtração. “O meio filtrante utilizado nos Filtros de Óleo Parker são de alta tecnologia, o que garante alta eficiência nos filtros de Óleo. Possuímos engenharia de inovação e desenvolvimento no Brasil, que faz com que as melhores tecnologias em meio filtrante, bem como aplicação, estejam presentes no mercado brasileiro para as mais variadas aplicações, desde Pick Ups, caminhões leves, médios e pesados a grandes equipamentos de agricultura e construção, ou seja estamos presentes com soluções a nossos clientes” – ressalta Cirino.
Os filtros de óleo da marca Mahle Metal Leve seguem os mais rígidos controles de qualidade garantindo um produto com um alto rendimento assegurando a lubrificação do motor e consequente durabilidade das peças móveis. “Atualmente fabricamos os filtros spin-on blindados e também versões de filtros ecológicos onde somente é trocado o elemento filtrante que fica alojado dentro de uma carcaça” – diz Fischer. 
A Seineca fabrica produtos com os melhores fornecedores de matéria-prima e uma das metas é fazer com que os produtos cheguem no melhor custo/benefício aos consumidores. “A nossa linha de filtros de óleo tem crescido e, ao mesmo tempo, se adaptado rapidamente de acordo com o mercado. Nosso extremo empenho com os filtros no mercado brasileiro tem sido uma vitrine de sucesso para a América Latina. Hoje, estamos buscando constantemente equilibrar o nosso fornecimento de filtros para atender os demais países da América devido a grande demanda gerada pelo investimento que está sendo realizado no Brasil” – conta Fang. 
A Tecfil é outra empresa consagrada no mercado que preza pela alta qualidade dos filtros disponibilizados no mercado. “Os filtros de óleo Tecfil são compostos por componentes de alta qualidade, tendo como destaque o meio filtrante especial que garante maior grau de filtragem, permitindo uma perfeita filtragem e lubrificação do motor” – ressalta Souza. 



Os sistemas de filtragem da Mann-Filter seguem as tendências das montadoras com as quais desenvolve em conjunto novos produtos que atendam aos avanços tecnológicos. “Todo esse conhecimento e novas tecnologias são aplicados não só para atender as montadoras, mas, também para o mercado de reposição, sempre respeitando a especificações entre eficiência e capacidade de retenção. As inovações vão desde produtos com desempenho superior de filtragem até melhorias no processo produtivo” – garante Gonçalves. 



Os filtros do óleo Wega são construídos com material testados para atender as condições mais severas de trabalho, segue rigorosamente todas as especificações técnicas garantindo e atendendo as exigências de cada motor que está sendo instalado nos veículos nacionais como importados. “As informações encontradas nas embalagens e gravadas no próprio filtro auxiliam na manutenção e em sua aplicação” – indica Castro. 


Contato das empresas
Mahle Metal Leve: www.br.mahle.com
Mann-Filter: www.mann-hummel.com

ASSOCIADOS

Conheça nossos associados