NOTÍCIAS



12/5/2020

Cenário atual apresenta oportunidades para investimentos



Mesmo com turbulência, Bolsa de Valores registrou aumento de entrada de pessoas físicas, Tesouro Direto e imóveis também podem ser boas alternativas para investimentos neste momento, no entanto dependem do perfil do investidor e metas.

 

A pandemia trouxe diversas mudanças tanto na legislação trabalhista, no mercado de trabalho, nas relações comerciais, no relacionamento social, na economia e também no mercado de investimentos. Os investidores estão buscando novas alternativas para colocarem seus recursos financeiros. “Apesar da turbulência trazida pela pandemia, março foi um bom mês para captação de recursos de pessoas físicas. Houve mais entrada de CPFs na Bolsa de Valores”, afirmou o professor, coach financeiro e consultor empresarial Peterson C. Pirola ao abordar o tema “Diversificando investimentos: o que fazer em tempos de crise?”, no “Programa Filtra Ação”, canal de conteúdo online da Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais e das revistas Meio Filtrante e TAE, no dia 30 de abril.


De acordo com o consultor, a Bolsa de Valores teve um pico em janeiro, de 119 mil pontos, e agora gira em torno de 60 mil pontos. “Agora, está melhor para comprar”, alertou. Para quem está iniciando investimentos na Bolsa, sugere comprar um pouco a cada mês, de empresas tradicionais e sólidas, e, se possível, procurar um profissional da área para analisar o perfil do investidor e identificar a meta. Indicou também o site da BMF Bovespa para encontrar corretoras regularizadas.

 

A migração de investimentos também foi para os imóveis. “Antes da pandemia, muitas pessoas vendiam seus imóveis e moravam de aluguel. Agora, muitas estão aproveitando para comprar imóveis já que o preço desses bens caiu”, comentou.

 

Com relação à renda fixa, citou o Tesouro Direto, título emitido pelo Governo Federal, com rendimento maior que a poupança e com baixo risco já que o governo é o emissor. “Para quem está começando a investir o Tesouro Direto é uma boa opção, adequado para o momento e o investidor pode resgatar a qualquer momento”, disse. Sobre o CDB (Certificado de Depósito Bancário), disse que não morreu com o cenário da pandemia. No entanto, é preciso garimpar a oferta de CDB, há rendimento de 140% em 8 anos.

 

Outros investimentos de renda fixa, emitidos pelos bancos, são o LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e LCA (Letra de Crédito Agrícola). Com rentabilidade anual, o recurso financeiro fica preso. Segundo Pirola, uma das maiores vantagens deste investimento é que não tem desconto de imposto, o ganho é livre de impostos.

 

Emitido pelos bancos, CDB, LCI e LCA contam com proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até o limite de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ.

 

Reserva emergencial – O consultor também falou sobre a importância de ter reserva para emergências. “Hoje, com certeza, faz falta para quem não tem”, ressaltou.  Citou como primeiro passo para criar uma reserva emergencial é mudar o conceito que grande parte da população tem – recebe, gasta e o que sobra poupa. O ideal é receber, guardar de 10% a 20% da renda líquida, e só depois gastar. A economia pode ser investida numa renda fixa diária. “A ideia é ter o custo mensal para 6 a 12 meses”, enfatizou.

 

Indicadores econômicos despencam – Durante sua apresentação, Pirola também fez uma retrospectiva dos indicadores econômicos do País, mostrando que devem despencar até o fim do ano com a pandemia – IPCA (2019: 3,9%; 2020: 2,2%) e PIB (2019: 2,1%; 2020: – 3,34%). A taxa Selic em 2019 ficou em 6% e em 2020 deve chegar a 3,75%, enquanto o câmbio ano passado ficou em R$ 3,80 e, neste ano, deve alcançar R$ 4,80.

 

O conteúdo do programa na íntegra pode ser acessado no canal TV Filtros no YouTube.

 

Mais informações sobre os próximos programas e também os links para acesso ao evento ao vivo, estarão sempre disponíveis nas redes sociais da Abrafiltros e também das Revistas Meio Filtrante e TAE.

 

Sobre a Abrafiltros:

Criada em 2006, a Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais – tem a missão de promover a integração entre as empresas de filtros e sistemas de filtração para os segmentos automotivo, industrial e tratamento de água e efluentes – ETA e ETE, representando e defendendo de forma ética os interesses comuns e consensuais dos associados.

 

Mais informações:
Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
www.versoassessoriadeimprensa.com.br


associados