NOTÍCIAS



15/6/2020

Como otimizar o pós-venda e canais digitais para vender mais e melhor



Monitoramento do grau de satisfação dos clientes, up selling, cross selling e marketing por indicação são algumas estratégias usadas para aumentar a receita no pós-venda.

Muitas empresas acreditam que basta vender o seu produto ou serviço e, depois, se esquecem do cliente. Não lembram que o pós-venda é fundamental para a retenção dos clientes e para o bom desenvolvimento do negócio. “Grande parte dos empresários trabalha com a visão de curto prazo, cumprem a meta da semana e do mês e não pensam na jornada do cliente e na importância do pós-venda para fidelização dos clientes”, alertou Marcelo Scharra, sócio-fundador da Consultoria de Aceleração de Vendas Inside BD, no dia 02 de junho, no “Programa Filtra Ação”, canal de conteúdo online da Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais e das revistas Meio Filtrante e TAE.

Segundo Scharra, há quatro grandes frentes de alavancagem de receita no pós-venda: o sucesso do cliente, ou seja, garantir a satisfação do consumidor para dar continuidade às compras; up selling, incentivar a compra de uma versão mais avançada do produto; cross selling, venda de produtos complementares; e marketing por indicação. “O ponto crítico para iniciar o pós-venda é o sucesso do cliente. É essencial monitorar o grau de satisfação do cliente”, ressaltou.

Falou sobre a importância do NPS (Net Promoter Score), uma metodologia de monitoramento que usa perguntas, que recebem notas de 0 a 10, para avaliar o nível de satisfação dos consumidores. “Muitos clientes não ligam para reclamar, com o NPS é possível gerar evidências de insatisfação”, comentou.

Destacou alguns pontos-chaves no marketing de indicação, destacou ser um ciclo de venda mais curto e já com maior grau de confiança. “É possível colocar preço maior e ter maior margem”, disse Scharra. Indicou criar um programa de indicação, uma forma de ser visto pelos consumidores. “Quem não é visto, não é lembrado”, ressaltou. O programa, que deve ter recompensas, como descontos ou benefícios, facilita a indicação.

Também comentou sobre a relevância do marketing de conteúdo e da base de dados de clientes. “O marketing de conteúdo é básico e essencial, não há como sobreviver sem”, advertiu. Sobre a base de dados, disse que deve ser organizada. “O maior erro é ter as informações dos clientes pulverizadas”, afirmou. Segundo Scharra, sem isto não há como dominar a carteira de clientes para ver onde há potencial represado de dinheiro para atuar. Complementou falando sobre o grande valor de ser digital. “Não há mais espaço para quem não é digital. Quem não sabe acessar o zoom morreu”, disse o palestrante.

Ao final da apresentação, falou sobre a importância de ser digital. “É preciso mapear os vendedores, fazer uma análise do grau de interação com redes sociais, observando volume de seguidores e de publicações”, finalizou.

Para acessar o conteúdo na íntegra da palestra, basta entrar no canal TV Filtros no YouTube.

Mais informações sobre os próximos programas podem ser solicitadas através do email eventos@abrafiltros.org.br e também estarão sempre disponíveis nas redes sociais da Abrafiltros e das Revistas Meio Filtrante e TAE.
 
Sobre a Abrafiltros:
Criada em 2006, a Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais – tem a missão de promover a integração entre as empresas de filtros e sistemas de filtração para os segmentos automotivo, industrial e tratamento de água e efluentes – ETA e ETE, representando e defendendo de forma ética os interesses comuns e consensuais dos associados.
 
Mais informações:
Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
www.versoassessoriadeimprensa.com.br

associados