NOTÍCIAS



19/6/2020

Como tomar decisões melhores foi destaque em live do “Programa Filtra Ação”



“É preciso evitar a reação “fight or flight”, lutar ou fugir, diz Victor Hugo Ferreira Júnior, sócio-fundador da Actavox, no “Programa Filtra Ação”

Fortes emoções atrapalham os processos decisórios. No entanto, não é possível decidir sobre algo sem usar um pouco destes sentimentos. A saída é usar a emoção adequada em dose homeopática e não se deixar levar pela reação de “fight or flight”, lutar ou fugir, também denominada de estresse agudo. Esta foi a mensagem deixada por Victor Hugo Ferreira Júnior, sócio-fundador da Actavox Consultoria Empresarial, que apresentou o tema  “Processo Decisório – Como Tomar Decisões Melhores”, no dia 28 de maio, no “Programa Filtra Ação”, canal de conteúdo online da Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais e das revistas Meio Filtrante e TAE.

Em sua apresentação, Victor explicou que o ser humano tem uma amígdala no sistema límbico, responsável pelas emoções instintivas, bem como há o córtex pré-frontal, área mais evoluída, do raciocínio lógico. “Há como uma luta entre ambas as áreas do cérebro. É como se corrêssemos o risco de ser atacados, e então a amígdala dispara substâncias com o intuito de sobrevivência e é aí que surge a reação incontrolável “fight or flight”, instinto de sobrevivência”. É um “bug”, uma falha no cérebro, onde o córtex pré-frontal é desligado, ou seja, a área do raciocínio lógico. 

Segundo o sócio-fundador da Actavox, é preciso estar atento, identificar os gatilhos, preparar-se para estes momentos e pensar em mecanismos para não ter a reação “fight or flight”. 

Outros fatores que atrapalham nas tomadas de decisões são a fome, cansaço, tristeza, euforia e raiva. 

Falou ainda dos vieses cognitivos, tendências que levam a desvios de racionalidade e lógica. “O cérebro tem muitos bugs, viés cognitivo, que faz com que a interpretação seja equivocada”, enfatizou Ferreira Jr. São vários vieses cognitivos, mas deu como exemplo o viés de confirmação, quando os fatos não confirmam as crenças e o ser humano subvaloriza ou quando os fatos confirmam as crenças e a pessoa supervaloriza. O esforço já dispendido também leva a decisões erradas. 

Ao final da apresentação, revelou alguns modelos de tomadas de decisões, entre eles, PAS, relacionado à análise de perfil – concreto, sensorial e abstrato, e TRIP, que envolve tempo, retorno, investimento e probabilidade. 

O vídeo completo com o conteúdo na integra, pode ser assistido no canal da TV Filtros no Youtube, através do link https://bityli.com/elh19

Sobre a Abrafiltros:
Criada em 2006, a Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais – tem a missão de promover a integração entre as empresas de filtros e sistemas de filtração para os segmentos automotivo, industrial e tratamento de água e efluentes – ETA e ETE, representando e defendendo de forma ética os interesses comuns e consensuais dos associados.

Mais informações:
Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
www.versoassessoriadeimprensa.com.br

associados