NOTÍCIAS



8/7/2020

Novas tendências da comunicação e marketing



Empatia, proximidade, conscientização e a oferta de conteúdos que se adequem aos novos hábitos de consumo de seus públicos, estão em alta na comunicação e marketing.

A pandemia trouxe mudanças não só para o ambiente de trabalho, mas também para as áreas de comunicação e marketing. Novos métodos de trabalho se sobressaíram, como o home office, bem como as plataformas digitais ganharam espaço na conexão entre empresas e consumidores. Neste tempo de incertezas, surge uma pergunta: Como será o futuro da comunicação e do marketing no chamado novo normal? 

Para Fabio Polisel, coordenador de marketing na PremieRpet, hoje, o benefício é mais importante que o produto em si. “Muitas vezes, os consumidores percebem mais valor na experiência do que no produto, como era no passado”, explicou Polisel, que participou, no dia 23 de junho, do “Programa Filtra Ação”, canal de conteúdo online da Abrafiltros - Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais e das revistas Meio Filtrante e TAE, e aconselhou as empresas focarem nesta lógica. Pontuou quatro passos para estabelecer o marketing de relacionamento, que tem como o objetivo a fidelização por meio de benefícios: definir o público, segmentá-lo, desenvolver estratégias e ações destinadas a cada segmento e manter o relacionamento oferecendo vantagens aos clientes. 

Disse também que o CRM - Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente, também tem importante papel na comunicação. “É muito mais amplo que um software. São ações de contato direto com cliente, que devem ser baseadas em informações captadas dos compradores”, comentou Polisel, ressaltando que os dados podem até estar em planilhas e não no software, um cadastro simples. Com relação aos eventos, falou que a tendência é se tornarem híbridos, online completado por ações off-line.

Também convidada do programa, Polyana Silva Francisco, consultora de comunicação interna do Carrefour, apontou algumas dicas sobre ações para a comunicação interna e o endomarketing nas empresas. “É importante entender o contexto de cada empresa e dos funcionários durante a pandemia – mas também depois – para pensar em ações específicas e garantir uma linguagem que traga empatia e transmita acolhimento”, ressaltou. Isto significa ter proximidade na hora de transmitir algo, não negar o problema de cada um, reconhecer os desafios, acolher e a gradecer . E tudo isso, independente do canal utilizado para a comunicação. “É menos canal e mais a forma como falar”, explicou.

A liderança também é fundamental, especialmente neste cenário de pandemia. Ela precisa estar próxima dos times e pode contar com a ajuda do time de Comunicação, que vai fornecer capacitação e informação para que isso aconteça. 

Ressaltou também que a área de comunicação interna deve ser parte integrante do negócio e contribuir com dados para ajudar na tomada de decisões da empresa, além de fortalecer sua presença nas mais diversas áreas.

Junior Santos, que atua com criação na Agência FCB Brasil, falou que as marcas estão se movimentando, repensando processos e negócios e o mais importante é sempre pautar na verdade e no propósito da marca. “As marcas precisam sair do discurso e ir para a prática”, disse.

Para ele, novos comportamentos surgiram durante a pandemia, como o senso de coletividade, no qual as pessoas se mostram mais solidárias, além disso, muitas estão fazendo as próprias coisas “do it yourself”. “É preciso observar o comportamento das pessoas e aproveitar estas variáveis para definição do posicionamento da marca”, comentou. 

Adriano Bonazio, gerente de comunicação & marketing da Abrafiltros, e mediador do programa, finalizou falando sobre a comunicação no setor de filtros automotivos e industriais, que tem sido bem assertiva no momento de pandemia. “Quatro pilares norteiam as ações de comunicação dos fabricantes de filtros: conscientização, com mensagens de prevenção; assistência, com ações de engajamento e papel social; adequação do discurso e modelo de negócio; e entretenimento para auxiliar na aproximação entre a empresa e seus diferentes públicos”, concluiu.

De forma geral, todos concordam que está em andamento um processo de humanização das marcas. Não há uma resposta de como agir nesse novo normal. É preciso planejar, conhecer seus públicos, mensurar e monitorar de forma contínua seus novos hábitos e tomar então decisões conscientes.

O Programa Filtra Ação vai ao ar, toda quarta-feira, sempre às 15h no Canal TV Filtros no Youtube. Para assistir este e outros programas na íntegra, acesse: www.youtube.com.br/tvfiltros.

Sobre a Abrafiltros:
Criada em 2006, a Abrafiltros – Associação Brasileira das Empresas de Filtros e seus Sistemas – Automotivos e Industriais – tem a missão de promover a integração entre as empresas de filtros e sistemas de filtração para os segmentos automotivo, industrial e tratamento de água e efluentes – ETA e ETE, representando e defendendo de forma ética os interesses comuns e consensuais dos associados.
 
Mais informações:
Verso Comunicação e Assessoria de Imprensa
www.versoassessoriadeimprensa.com.br

associados